Medo de crescer

Planejamento Estratégico para expandir negócios.

Por incrível que pareça, existem empresários com medo de crescer. Aconteceu com uma empresa, muito conhecida na sua região pela qualidade, serviço e tradição, valores percebidos por seus clientes e que valorizaram muito o nome do estabelecimento.

Os empresários vinham acompanhando o crescimento da empresa sem muitas ações ambiciosas.

De fato, pouca ambição. Possuem um nome tão forte no mercado que recebeu propostas de franquias, food trucks e novos pontos, inclusive em shoppings. Excelentes oportunidades de crescimento, não comum a empresas pequenas.
Problema:

A empresa, bem consolidada, vem crescendo naturalmente. Como os donos executam pessoalmente trabalhos desde operacionais até administrativos, não encontram tempo para serem empresários.

O trabalho gerencial, formal, sistematizado, é escasso. Como iriam decidir sobre as novas propostas de expansão?

Não tinham respostas para as perguntas e nem tempo para considera-las:

• Qual ponto de venda é mais lucrativo?

. Qual retorno de investimento para cada tipo de ponto de venda?

• Qual seria a logística dos produtos para atender os pontos mais distantes?

Sem respostas, a paralisia é uma resposta que se impõe.

A Solução finalmente foi encontrada: A implementação de Contabilidade Gerencial, o Controle Gerencial Estratégico. Um setor de controladoria foi implantado na empresa. Os dados foram tratados e transformados em informações. Informações para decidir as estratégias de marketing e econômicas.
O que a empresa passou a ver:

1. A empresa era muito lucrativa, valia a pena investir em expansão;

2. Entre os pontos de vendas atuais, qual era a característica do mais lucrativo?

3. Qual seria o modelo de negócio a seguir para construir a franquia?

4. Qual seria o tempo de retorno para investir em food trucks?

5. Em quais regiões das novas cidades, o produto seria bem aceito?

De posse de relatórios confiáveis, medindo a lucratividade por ponto de venda e por tipo de produtos, os gestores que agora encontraram motivação e tempo para serem empresários, passaram a analisar indicadores de rentabilidade considerando diferentes condições de comercialização.

Além de conhecerem melhor seus clientes e desenvolverem produtos para atrair novos clientes, seguindo as tendências de mercado e regionais, estão com os olhos voltados para as novas oportunidades, antes não consideradas.

Depois de instituir uma Contabilidade Gerencial, a empresa passou a ter segurança para a administrar o crescimento seguindo indicadores econômicos e não mais decidir seguindo intuições. E isso vai mudar tudo no futuro de seus negócios.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
× Como podemos te ajudar?